Fonte Maior Fonte Padrão Fonte Menor
05 Jun 2012
Cristianismo Global
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Reportagens, Pesquisas & Estatisticas

Distribuição da População Cristã Pelo Mundo

Ásia e África apontam crescimento mesmo em meio a perseguição

Um estudo demográfica em mais de 200 países considera que há 2,18 bilhões de cristãos de todas as idades ao redor do mundo, representando quase um terço da população global estimada em 6,9 bilhões em 2010. Os cristãos também são geograficamente distribuídos ? de modo vasto.

Um século atrás, este não era o caso. Em 1910, cerca de dois terços dos cristãos do mundo vivia na Europa, onde a maior parte dos cristãos esteve concentrado no último milênio, de acordo com estimativas históricas do Center for the Study of Global Christianity. Hoje, apenas cerca de um quarto de todos os cristãos vivem na Europa (26%). Mais de um terço agora estão nas Americas (37%). Cerca de um em cada quatro cristãos vivem na África (24%), e cerca de um em oito é encontrado na Ásia e no Pacífico (13%).

O número de cristãos ao redor do mundo quase quadruplicou nos últimos 100 anos, de cerca de 600 milhões em 1910, para mais de 2 bilhões em 2010. Mas a população total do mundo também tem aumentado rapidamente, de uma estimativa de 1,8 bilhões em 1910 para 6,9 bilhões em 2010. Como resultado, cristãos constituem cerca da mesma porção da população do mundo hoje (32%) como há um século (35%).

Esta aparente estabilidade, no entanto, esconde uma mudança importante. Embora a Europa e Américas ainda são o lar de uma maioria de cristãos do mundo (63%), essa participação é muito menor do que era em 1910 (93%). E a proporção de europeus e americanos cristãos, caiu de 95% em 1910, para 76% em 2010 na Europa como um todo, e de 96% para 86% nas Américas como um todo.

Ao mesmo tempo, o cristianismo cresceu enormemente na África Subsaariana e na região Ásia-Pacífico, onde havia poucos cristãos no início do século 20. A parcela da população que é cristã na África Subsaariana aumentou de 9% em 1910 para 63% em 2010, enquanto na região Ásia-Pacífico aumentou de 3% a 7%. O cristianismo hoje ? ao contrário de há um século ? é realmente uma fé global.

Estas são algumas das principais conclusões do “Cristianismo Global” (Global Christianity). Um Relatório sobre o tamanho e a distribuição da população cristã do mundo, um novo estudo realizado pelo “Pew Research Center’s Forum on Religion & Public Life”.

O estudo é baseado principalmente em uma análise país a país, de cerca de 2.400 fontes de dados, incluindo os censos e pesquisas nacionalmente representativas da população. Para alguns países, como China, as estimativas do “Forum Pew” também leva em conta as estatísticas de grupos de igrejas, relatórios governamentais e de outras fontes

Os cristãos são diversificados teologicamente bem como geograficamente, aponta o novo estudo. Cerca de metade são católicos. Protestantes, amplamente definida, representam 37%. Os cristãos ortodoxos, 12% de cristãos no mundo inteiro. Outros cristãos, como os mórmons e as Testemunhas de Jeová, compõem o restante 1% da população mundial cristã.

Tomado como um todo, no entanto, os cristãos são de longe o maior grupo religioso do mundo. Os muçulmanos, o segundo maior grupo, representam um pouco menos de um quarto da população mundial, de acordo com trabalhos anteriores do “Forum Pew”.

Quase metade (48%) de todos os cristãos vivem nos 10 países com o maior número de cristãos. Três dos 10 países estão nas Américas (Estados Unidos, Brasil e México). Dois estão na Europa (Rússia e Alemanha), dois estão na região Ásia-Pacífico (Filipinas e China), e três estão na região sub-saariana da África (Nigéria, República Democrática do Congo e Etiópia), refletindo o alcance global do cristianismo.

(Com informações Center for the Study of Global Christianity, Pew Research Center’s Forum on Religion & Public Life e Portas Abertas)

Fontes: 1) Pew Research Center      2) Portal "O Verbo"


05 Jun 2012
Estudo aponta que quase metade dos americanos rejeita o evolucionismo
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Reportagens, Pesquisas & Estatisticas


Charles Darwin

Não só a religião como também o posicionamento político interfere na opinião sobre a evolução humana

O instituto Gallup divulgou o resultado de uma pesquisa que aponta que quase metade dos americanos rejeita a teologia da evolução e acreditam que Deus realmente criou os humanos em sua forma atual e não que a raça humana evoluiu dos macacos.

O estudo mostra que 46% dos entrevistados acreditam no criacionismo, pela mesma pesquisa outros 32% dos que responderam ao Gallup dizem que acreditam na evolução humana direcionada por Deus.

A teoria de Charles Darwin sobre a evolução é aceita por apenas 15%, sendo que a maior parte das pessoas favoráveis a essa linha de pensamento são ligadas a comunidade científica.

“Seria difícil discordar que a maioria dos cientistas acreditam que a espécie evoluiu ao longo de milhões de anos, e que relativamente poucos cientistas acreditam que os humanos surgiram em sua forma atual há apenas 10.000 anos, sem a ajuda da evolução”, ponderou Frank Newport, responsável pelo levantamento.

Essa pesquisa recente mostra que nos últimos 30 anos houve o crescimento de 2% entre o número de criacionistas nos Estados Unidos, pois quando o Gallup começou a pesquisar sobre o tema, isso em 1982, o número era de 44% da população.

O instituto percebeu que a religião realmente influencia diretamente nas respostas, entre os que afirmaram a fé no criacionismo, 70% frequentam uma igreja toda a semana, e 25% vão pouco ou nunca vão.

A diferença das respostas também tem ligações políticas, sendo que os republicanos acreditam mais no criacionismo, 60%, e apenas 41% dos democratas.

Com informações Revista Exame

Fonte: Portal Gospel Prime


05 Jun 2012
Religiosos brasileiros não rejeitam a teoria da evolução
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Reportagens, Pesquisas & Estatisticas


Religiosos brasileiros não rejeitam a teoria da evolução, diz estudo.

Em estudo realizado pela USP pesquisa mostra que os alunos no ensino médio não são tão fundamentalistas como em outros países 

Religiosos brasileiros não rejeitam a teoria da evolução, diz estudo A Universidade de São Paulo (USP) realizou uma pesquisa coordenada pelo professor Nelio Bizzo da Faculdade de Educação que ouviu 2,3 mil alunos de todas as regiões do Brasil para saber se eles acreditam ou não na teoria da evolução.

Os alunos ouvidos estão na faixa etária de 15 anos de idade e o resultado mostrou que eles convivem bem com suas crenças religiosas e com a teoria da evolução das espécies desenvolvidas por Charles Darwin há 150 anos.

Até mesmo entre os religiosos a teoria de Darwin foi bem aceita surpreendendo o professor. “Os alunos religiosos brasileiros são bem menos fundamentalistas do que se esperava”, declarou Bizzo ao jornal O Estado de S. Paulo.

Os participantes dessa pesquisa tiveram que responder 23 perguntas com afirmações que eles poderiam concordar ou discordar do que estava escrito, mais de 70% deles se declararam pessoas religiosas, sendo 52% católicos, 29% evangélicos e 7,5% sem religião.

Do total de 2,3 mil entrevistados, mais de 70% afirmou que a religião não os impede de aceitar a evolução biológica proposta por Darwin que escreveu sua teoria baseada em estudos que apontam que todas as espécies que vivem no planeta evoluíram de um ancestral em comum.

“A porcentagem dos que rejeitam completamente a origem biológica do homem é menor que a de evangélicos na amostra, o que é uma surpresa, já que os evangélicos no Brasil costumam ser os mais fundamentalistas na interpretação do relato bíblico”, comentou o professor.

Com informações ALC

Fonte: Portal Gospel Prime


19 Mai 2012
Viagem para Israel
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Eventos, Utilidade Pública

Viagem à Israel - a terra por onde Jesus Cristo andou...

Preço super-promocional
válido para inscrições até 29/06/2012

33a. Festa Cristã dos Tabernáculos 2012 em Jerusalém
Objetivo: Celebrar a Fidelidade de Deus (Lv 23.33-34 e 42-43)
Tema: "O espírito de graça e de súplicas" (Zacarias 12.10)
Louvor, adoração e ministrações no
Centro Internacional de Convenções de Jerusalém

 

 Participação na milenar Marcha de Jerusalém

A Bíblia afirma que a chuva virá para regar as sementes (projetos), daqueles que celebrarem a Festa dos Tabernáculos: "E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrarem a Festa dos Tabernáculos. E acontecerá que, se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva." (Zacarias 14.16-17). O rei Salomão a celebrou (2 Crônicas 7.9-10). O sacerdote Esdras, e também Neemias ( Neemias 8.13-18). O Senhor Jesus também participou dela ativamente (João 7.2,10,14,37).

Clique aqui para + Informações


02 Mai 2012
Justiça extingue ação contra pastor Silas Malafaia por homofobia
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Reportagens

O juiz federal Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível de São Paulo, extinguiu ação do Ministério Público Federal no Estado contra o pastor Silas Malafaia. A Procuradoria pedia que ele se retratasse por um discurso considerado homofóbico.

Os comentários de Malafaia foram feitos em julho de 2011 no programa "Vitória em Cristo", que é exibido na TV Bandeirantes em horário comprado por ele.

"Não se poder tolher o direito à crítica na medida que esta compõe exatamente o conteúdo da liberdade de manifestação e expressão", diz o juiz na decisão. "Daí considerarmos que, sob o aspecto ´policial´ ou de ´censura´ a questão envolve problemas práticos e jurídicos mas, neste tema, o constituinte brasileiro teve o inegável desejo de sepultar definitivamente a censura."

Segundo Giuzio Neto, "através da pretensão dos autos, na medida em que requer a proibição de comentários contra homossexuais em veiculação de programa, sem dúvida que se busca dar um primeiro passo a um retorno à censura, de triste memória, existente até a promulgação da Constituição de 1988, sob sofismático entendimento de ter sido relegado ao Judiciário o papel antes atribuído à Polícia Federal, de riscar palavras ou de impedir comentários e programas televisivos sobre determinado assunto".

"Diante disto, não pode ser considerado como homofóbico na extensão que se lhe pretende atribuir esta ação, no campo dos discursos de ódio e de incentivo à violência, pois possível extrair do contexto uma condenação dirigida mais à organização do evento --pelo maltrato do emprego de imagens de santos da igreja católica-- do que aos homossexuais."

Em meio ao debate sobre a proposta de lei para criminalizar a homofobia, o pastor falava sobre a Marcha para Jesus e a Parada Gay, eventos que aconteceram em junho em São Paulo.

"Os caras na Parada Gay ridicularizaram símbolos da Igreja Católica e ninguém fala nada. É para a Igreja Católica ´entrar de pau´ em cima desses caras, sabe? ´Baixar o porrete´ em cima pra esses caras aprender. É uma vergonha", afirma o pastor no programa.

Para o procurador Jefferson Aparecido Dias, mais do que expressar sua opinião, o pastor fez um discurso de ódio.

A ação também foi movida contra a TV Bandeirantes. De acordo com o procurador, a emissora deve impedir que mensagens homofóbicas sejam exibidas em sua programação.

Fonte: Folha Online


<< Recentes 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 Anteriores >>

Crônicas da Vida
Pastorais e Estudos
Eventos
Comunicações
Utilidade Pública
Humor
Reportagens
Mulher
Pesquisas & Estatisticas
Avivamento
Pedido de Oração
Datas Celebrativas
Fotos
Clips
Livros - Indicação
Missões
Ilustrações
Áudios de Mensagens
Oportunidades de Negócios


Facebook

Visitantes: 389856
Visitantes Online: 2
© Blog do Pastor - 2007 desenvolvido por