Fonte Maior Fonte Padrão Fonte Menor
18 Mai 2009
Saudades...
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Crônicas da Vida

(*) Por Leonardo Mendes

Que saudades.... 

Fui criado em berço cristão, minha mãe com muita luta, muito esforço, trabalhava dia e noite para criar, sustentar, eu e minha irmã. Abandonados por meu pai, um pastor da Igreja Batista, mamãe lutava, lutava não somente para superar as dificuldades financeiras de uma mãe divorciada com duas crianças pequenas, mas também para em seu raro tempo vago, nos falar um pouco de um livro famoso, isto... este mesmo... o livro da capa preta, assim fomos criados, lendo as lindas palavras das escrituras, e vivenciando muralhas caindo frente aquela tão linda e jovem senhora. 

Lutas, experiências, batalhas que nos fizeram aprender sobre um Deus verdadeiro, aprendemos a amar a Bíblia, a ter sede por estudos bíblicos, a esperar ansiosamente pelas férias, e nelas desfrutarmos das sempre tão esperadas EBF’s. Aprendemos a no domingo acordar bem cedinho, e assim como um filho que visita seus pais no famoso almoço de domingo, irmos a casa do Senhor! como era bom ir à igreja. 

Com o passar dos anos, fui crescendo, passando pela adolescência, juventude, fase de decisões, fase de escolher um curso superior, finalmente pude ir ao seminário, entender mais sobre a bíblia, sobre a teologia, conhecer mais a fundo, através da aplicação da tão preciosa hermenêutica os maravilhosos textos das escrituras.  É ... assim foi minha história, graças ao Senhor, aquele menininho fadado a desvios psicológicos de uma família destruída, aprendeu a amar e estudar um livro interminável, não escrito por homens, a palavra de Deus. 

Descobri que este é um livro incomparável, um livro para ser conhecido mundialmente, para todos desfrutarem, todavia, infelizmente, cada dia mais, vemos menos portas abertas com a finalidade da divulgação deste tão precioso texto, como seria bom se tivéssemos mais igrejas pregando a Bíblia em nossas cidades, seria realmente uma benção, viveríamos a realidade da igreja primitiva descrita em Atos. 

Sinceramente, não entendo porque, frente a tantas maravilhas bíblicas, tão poucas pessoas tem se preocupado com a sua plena divulgação. Não entendo porque, frente a um mundo regado por más notícias, aqueles que possuem a única boa notícia, o Evangelho das boas novas, recusam-se a compartilhá-la, um pensamento involuntário me vem à mente.... será que realmente todos estes a possuem? Realmente não posso culpá-los, afinal, ninguém pode dar o que não tem. 

Apesar da minha pouca idade, ao ler os textos bíblicos, os testemunhos dos apóstolos, dos primeiros irmãos, até mesmo a história dos combatentes da famosa Reforma protestante, viajo no tempo, imagino como deveria ser delicioso vivenciar aqueles momentos ali relatados, esta minha viajem, aparente utopia, me faz contemplar aqueles momentos de uma forma tão real e concreta, que acabo por sentir saudades daquele tempo... 

Saudades.... saudades de quando a igreja, a Ekklesia  (Tirados para fora) era feita de homens e mulheres que haviam saído do sistema mundano, e agora caminhavam na mão certa, indo contra a multidão que trafega perigosamente pela contra mão. Aqueles que formavam a Ekklesia eram chamados de cristãos, isto mesmo, “pequenos cristos”,  chamados assim pois seu caminhar era tão irretocável e honesto, que fazia lembrar os tempos em que o próprio Cristo passeava pela Terra. 

Ahh, saudades, que saudades! Saudades de quando templos majestosos não eram feitos de excelentes materiais de alvenaria, em terrenos centrais adquiridos por pequenas fortunas, não, esses não são bons, estes são baratos demais, bons mesmo são aqueles templos que foram comprados pelo próprio Deus, estes foram caros, só ele pode pagar, o preço foi alto, templos não feitos por mãos humanas, não imóveis, templos de carne e osso, sim... feitos do pó da terra, mas valiosíssimos. 

Saudades de quando muito mais importante que um terno fino da Pierre Cardin, gravata e sapatos engraxados que pisam sobre o símbolo da Mr. Cat, era a roupa interior, talvez ela tenha perdido a importância por também ser muito cara, não ser achada em qualquer “shoppingzinho” de segunda, na verdade ela nem se pode comprar, mas era, esta era uma roupa bonita e apresentável de verdade. 

Saudades de quando técnica vocal era somente acessório que amparava o perfeito louvor que na verdade era produzido pelas “cordas vocais” do coração... de quando Deus, criador de todo universo aparentemente não se importava se o instrumento que acompanha o verdadeiro adorador, era uma Fender, uma Pearl, um Roland, ou se simplesmente foi uma harpa artesanal, feita pelo pastorzinho ruivo que acaba virando rei. 

Saudades de quando o dom supremo era o amor, isto... este mesmo, que tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, é... este era o melhor dom, este aparentemente ninguém mais quer, talvez porque sua condição do “melhor é dar do que receber” seja muito pesada para os dias atuais, um mundo de interesses individualistas, é melhor ficar com o dom de línguas, fácil de imitar, difícil de questionar e vago em suas obras.

Saudades de quando o pecador arrependido era imediatamente perdoado, de quando castigos humanos eram desnecessários frente a um Deus que é a própria justiça, de quando penitencias só existiam na igreja vindo das mãos dos perseguidores do evangelho, talvez até isto ainda seja bem parecido, todavia, o problema é os algozes hoje freqüentem nossos púlpitos. Parece-me que o “aquele que não tiver pecado que atire a primeira pedra”, e o “eu não te condeno, eu te perdôo, vá e não peques mais” foi retirado de algumas traduções modernas.

Saudades de quando a Teologia era usada para defender a Bíblia, e não para defender homens que na sua incredulidade tentam explicar mudanças em um Deus imutável. De quando mais sábios foram os cristãos de Beréia, que não aceitaram a pregação paulina de cara, questionando e confirmando se tinha coerência a mensagem do Apóstolo. De quando um freqüentador assíduo da Escola Bíblica não era um fanático incoerente, mas sim alguém que alegremente desfrutava de momentos conquistados por nosso irmão Lutero em sua reforma protestante. Será que é melhor não pensar? Será que é melhor não conhecer? Será que o evangelho de pensamentos formados não é mais prático? Eu? Eu tenho saudades, sou pastor, mas prefiro um pensante questionador em minha platéia, que cem ignorantes interessados em pensamentos mastigados, o questionador me faz crescer, me faz pensar, me faz questionar...

Saudades.... saudades do tempo em que nova revelação só existia quando aquela amiga e  companheira Bíblia de muitos anos se despedaçava de tanto ser usada e tínhamos que comprar outra novinha em folha porém imutável em seu conteúdo.

Que saudade do puro evangelho... do milagre literal... de quando a Bíblia era a única e inquestionável verdade, de quando cristão sábio não era o ativista (Marta), mas sim aquele que sentava calmamente para ouvir ao Senhor (Maria), de quando oferta boa era composta pelas poucas moedas e coração grato da pobre viúva, de quando programação de sucesso não era aquela que lotava, mas sim aquela onde Deus estava presente ("Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles." Mt 18:20)...

Saudades de quando a pregação do evangelho era simples, de quando a homilética colocaria o sermão cristão em somente três pontos... Jesus é o Messias, Jesus Ressuscitou, Jesus voltará... simples assim, este era o sermão da igreja primitiva, este era o sermão de Pedro, um simples homem, pescador, inculto, mas seu simples discurso levava milhares a Cristo, coisa que nós com graduações, pós graduações, mestrados, doutorados, não conseguimos fazer.

Bem... nem tudo está perdido, algumas coisas não mudaram.... a salvação pela graça por exemplo, esta para uma maioria aparentemente não mudou, mas também, esta seria um absurdo se mudássemos, afinal, em time que está ganhando não se mexe, basta não explicar a fundo, ela não nos causa problemas, muito pelo contrário, ela nos soluciona alguns, se não há justificativa... não tem problemas.... estamos “na graça irmão”. A graça tem sido o único fio que ainda nos tem segurado, é só pela graça mesmo, pela graça somos salvos, se mudarem isto........

Que o Senhor te abençoe, que o Senhor te abra os olhos, te faça enxergar, entender, vivenciar e lutar pelas verdades bíblicas.

(*) Bacharel em Teologia, pastor evangélico.
      Contato direto com o autor, clique aqui


16 Mai 2009
O Alfa e O Ômega
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Áudios de Mensagens

Por: (*) Edemar Vitorino

"Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que é, que era e que há de vir." Apoc 1:8

"Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim." Apoc 22:13


O Alfa, primeira letra do alfabeto grego, quando aplicada a Deus,  aponta para Ele como Criador, como origem de todas as coisas. No original grego consta o artigo definido "O".  Deus não é "um" Alfa, Ele é "O Alfa". É importante a inclusão do artigo "O", porque só existe uma fonte originaria da vida, e de todas as coisas; e essa fonte é Deus!

Ele é antes de tudo o que existe e foi formado. Ele é maior do que o universo que Ele criou, maior do que tudo!

Igualmente, em relação ao "ômega", Deus é "O Ômega", ou seja "O Fim". Ele não é o fim, no sentido de que irá desfazer, ou destruir toda a obra da Sua criação. O "fim" aplicado a Deus é no sentido de alvo, propósito, finalidade. "Porém para nós existe somente um Deus, o Pai e Criador de todas as coisas, para quem nós vivemos. E existe somente um Senhor, que é Jesus Cristo, por meio de quem todas as coisas foram criadas e por meio de quem nós existimos." - I Cor 8:6. Deus criou todas as coisas para o louvor da sua própria glória! O fim principal pelo qual o universo foi criado, e o homem foi formado, é a glória do próprio Deus, convergindo tudo na pessoa do Seu filho Jesus Cristo. O fim principal do homem é, portanto, louvar a Deus, e glorificá-Lo para sempre!

Colossenses 1:15-16 ensina que Cristo é a revelação visível de Deus, ( logo, Ele é também "O Alfa e O Ômega"), e que todas as coisas foram criadas "nEle", "por Ele" e "para Ele": "Ele, o primeiro Filho, é a revelação visível do Deus invisível; ele é superior a todas as coisas criadas. Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu e na terra, tanto o que se vê como o que não se vê, inclusive todos os poderes espirituais, as forças, os governos e as autoridades. Por meio dele e para ele, Deus criou todo o Universo.

Mas, o título que Deus atribui a Sí mesmo: "O Alfa e O Ômega" aponta também para a majestade e penetrante grandiosidade de Deus, salientando que essa grandeza visa a Sua própria glória, e o benefício dos remidos do Senhor ( os salvos em Cristo ).

Esse título aponta ainda para "abrangência". Todas as obras criadas se situam entre o princípio e o fim, estando todas as coisas (inclusive a vida humana) rigorosamente, dentro da faixa de domínio, supervisão e comando de Deus.  Deus tem conhecimento de todas as coisas, desde o princípio até o fim. Ele conhece o passado, o presente e o futuro!

Ele pode fazer por você, muito mais do que você possa imaginar, ou pensar...

Mensagem poderosa sobre a "soberania de Deus", proferida pelo Rev. Edemar Vitorino, gravada ao vivo no dia: 13/05/2009.

Como fazer o download:
Quando o áudio estiver tocando,
clique no menú do windows media player em arquivo
e selecione "salvar midia como"...

+ Áudios de Mensagens proferidas pelo Rev. Edemar Vitorino... 

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor, professor de cursos bíblicos online do "Fuel For Life Institute - FFL Institute" (EaD)... Saiba mais...

 


12 Mai 2009
Amor de mãe, um tipo feminino do amor de Deus
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Áudios de Mensagens

Por: (*) Edemar Vitorino

"Como pastor, apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos e os levará no seio;  as que amamentam ele guiará mansamente." Isaias 40:11

"Como alguém a quem sua mãe consola, assim eu vos consolarei; e em Jerusalém vós sereis consolados." Isaias 66:13

Deus é Espírito, e não tem corpo como os homens... Deus é assexuado (=não tem sexo). Aprouve a Deus revelar-se a nós como um ser masculino, mas há também em Deus qualidades humanamente classificadas de femininas, como os exemplos dos textos acima.

Não há na terra melhor exemplo para ilustrar o amor de Deus, do que o amor de mãe! Sem dúvida, o amor de mãe é um tipo do amor de Deus!

Deus gera seus filhos - A mãe também gera seus filhos;
Deus coloca seus filhos em seu seio - A mãe também coloca seus filhos em seu seio;
Deus amamenta (ele dá o leite espiritual aos recém-nascidos espirituais) - A mãe também amamenta seus filhos;
Deus dá alimento sólido aos filhos já desmamados - A mãe também dá comida consistente aos filhos já crescidos;
Deus toma seus filhos pela mão - A mãe também toma seus filhos pela mão;
Deus guia seus filhos - A mãe também guia seus filhos;
Deus consola seus filhos - A mãe também consola seus filhos;
Deus ama seus filhos com amor incondicional - A mãe também;
Deus ama seus filhos com amor eterno - O amor de mãe também é para sempre;
Deus ama seus filhos, antes mesmo do nascimento - Também a mãe ama o filho desde antes dele nascer;
Na pessoa do seu Filho, Deus dá a vida pelos seus filhos - A mãe também é capaz de dar a vida pelo seu filho;
A vontade de Deus para com os seus filhos é boa, agradável e perfeita - A vontade da mãe para com os seus filhos também é boa, agradável, e perfeita (= é o melhor!);
Deus deseja ter os seus filhos sempre perto dele - a mãe também!

Vale a pena ouvir esta empolgante mensagem
proferida pelo Rev. Edemar Vitorino,
gravada ao vivo no dia: 10/05/2009.

Como fazer o download:
Quando o áudio estiver tocando,
clique no menú do windows media player em arquivo
e selecione "salvar midia como"...

+ Áudios de Mensagens proferidas pelo Rev. Edemar Vitorino... 

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor, professor de cursos bíblicos online do "Fuel For Life Institute - FFL Institute" (EaD)... Saiba mais...

 


08 Mai 2009
Quantas Vezes
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Crônicas da Vida

Por: (*) Silvia Letícia Carrijo de Azevedo Sá

“Estou cansado do meu gemido; toda noite faço nadar em lágrimas a minha cama, inundo com elas o meu leito. Os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e enfraquecem por causa de todos os meus inimigos. Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniqüidade; porque o Senhor já ouviu a voz do meu pranto. O Senhor já ouviu a minha súplica, o Senhor aceita a minha oração”.Salmos 6:6-9

Hoje ao chegar ao trabalho me deparei com uma frase que me fez pensar; “quantas vezes”. Você já parou para pensar em quantas vezes quase aconteceu algo em sua vida, em quantas vezes você desistiu na hora errada. Quantas e quantas coisas já houve na sua história.

Quantas vezes você ficou com o coração cheio de esperanças e derrepente ela se foi te deixando só, sem nenhuma expectativa de voltar a sonhar, descrente em você mesmo. As injustiças roubaram sua razão, minaram suas esperanças. Tudo ficou escuro, seus olhos perderam o brilho e deram lugar a uma lágrima quente, um gemido que ninguém quer ouvir.

O Salmista experimentou esta terrível sensação de fracasso e dor. Ele conta em sua canção descrita no Salmo 6 que ele já estava cansado de seu gemido. Isso nos leva a pensar o quanto havia sido humilhado, ficado perdido no caminho da vida. Também dá para compreendermos, lendo o texto, que ele havia errado. É ai que devemos pensar. Quantas vezes o que estamos passando é fruto de um erro que não aceitamos assumir!

Este mesmo salmista faz um pedido a Deus, e vamos compartilhá-lo. No versículo 1 ele diz:” Senhor, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor” ele pede que Deus tenha misericórdia dele no momento em que está errado. E no 2 ele  continua “Tem compaixão de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados”.

Quantas vezes estamos assim, os nossos ossos estão doendo pela tristeza da perda de um sonho morto por alguém, ou um erro que não assumimos.

Hoje é o dia da sua mudança. Faça como o salmista, derrame suas lágrimas aos pés de quem pode transformá-las em alegria e mudança de vida. Misericórdia queremos Deus! Vida nova precisamos Senhor!

O Senhor já ouviu sua oração, pode enxugar as suas lágrimas, voltar a sonhar, lutar. Insista em prosseguir, Deus se agrada de quem luta, Ele nunca desiste de nós, e nós não podemos desistir de nós mesmos.

Venha para a corrida da vida, nunca deixe o “quantas vezes” te desanimar, mude-o para: “quantas vezes” pensei em desistir, mas me lembrei da vida e voltei à corrida.

(*) Bacharel em Teologia
Transcrito do "Portal Artigonal"
Contato com a autora: clique aqui

 


07 Mai 2009
Concurso de Música Gospel
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Comunicações, Utilidade Pública

Estreiou neste sábado (2), às 22h, na Rede CNT, o Programa Levitas, um concurso de música gospel que será realizado em todo o país.

A atração tem o objetivo de descobrir novos talentos e o ganhador será contratado pela gravadora Reuel Music, para lançar um CD solo com músicas inéditas. O programa, apresentado pela cantora gospel Cassiane, será exibido todos os sábados, das 22h às 23h, até o dia 15 de agosto.

O concurso será realizado em todo o território nacional, permitindo a inscrição de qualquer candidato que preencha os requisitos expostos no regulamento.

A seleção regional dos candidatos foi realizada em oito capitais brasileiras, desde fevereiro: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO), Recife (PE), Salvador (BA), Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR).

Com base na criatividade, habilidades musicais e capacidade de interação, foram escolhidos quatro candidatos por capital, totalizando 32 participantes. Destes, metade será eliminada após a segunda audição. Apenas os 16 sobreviventes viajarão para o Rio de Janeiro, cidade sede do programa.  Lá, após novas apresentações dos candidatos, os jurados escolherão oito finalistas, sendo um deles o grande vencedor, que será escolhido pelo público.

Os finalistas terão direito a gravar um CD, da Reuel Music, com coletânea de músicas escolhidas pela gravadora. Já o vencedor será contratado pela Reuel Music para lançar um CD solo, com músicas gospel inéditas.

Os jurados serão Jairinho Manhães (maestro, músico, cantor e produtor musical), Jairo Bonfim (cantor e produtor vocal) e Marquinhos Menezes (cantor e produtor vocal).

Fonte: "Portal Gospel TV"

 


<< Recentes 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 Anteriores >>

Crônicas da Vida
Pastorais e Estudos
Eventos
Comunicações
Utilidade Pública
Humor
Reportagens
Mulher
Pesquisas & Estatisticas
Avivamento
Pedido de Oração
Datas Celebrativas
Fotos
Clips
Livros - Indicação
Missões
Ilustrações
Áudios de Mensagens
Oportunidades de Negócios


Facebook

Visitantes: 391313
Visitantes Online: 2
© Blog do Pastor - 2007 desenvolvido por