Fonte Maior Fonte Padrão Fonte Menor
19 Out 2007
A Certeza na Oração
3 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

"... O Senhor ouviu a minha súplica; o Senhor acolhe a minha oração". Salmo 6:9

Orar é um ato de fé. Você nunca viu a Deus, porém crê que Ele existe e que é poderoso para ajudá-lo. É uma crença transcendental, jamais compreensível à luz da razão.

Não pode haver dúvidas no coração de quem ora a Deus. É preciso crer e saber que se está falando com um Deus real, Onipotente, e Onipresente; que acolhe amorosamente todos quantos se achegam confiadamente junto ao Trono da Graça.

No sentido bíblico, orar é dialogar com Deus, e não monologar como costumeiramente fazemos! Se na oração apenas falamos e não ouvimos, algo está errado. Precisamos ouvir Deus. Ele fala!

No "santo dos santos" Deus falava ao sumosacerdote. Com a morte de Cristo na cruz, o véu que separava o "santo dos santos" do "santo-lugar" rasgou-se, permitindo o acesso a todos. O ouvir a voz de Deus é agora um privilégio de todos, e não apenas exclusividade do sumosacerdote. Precisamos aprender a ouvir Deus, discernir a Sua voz.

Uma das causas de não ouvirmos a voz de Deus é a nossa agitação. Não temos tempo! entramos apressadamente no "santíssimo" falamos o que temos que falar (tagarelamos muitas vezes!) e saímos rapidamente sem esperar que Deus nos fale.

Davi não procedia dessa forma. No Salmo seis vemos que ele começa sua oração suplicando, clamando, pedindo... Porém, na mesma oração, no verso nove ele afirma: "O Senhor ouviu a minha súplica;". Como lhe veio esta certeza? Através da testificação do Espírito Santo diretamente ao seu coração! Da mesma forma Deus age conosco quando oramos. Ele vem e fala diretamente aos nossos corações.

Precisamos aprender a aquietar-nos na presença do Senhor, e também a permanecer alguns momentos em silêncio na Sua Augusta Presença, sem falar nada, apenas adorando e esperando para ouvir d´Ele o que Ele tem a nos dizer.

Assim como Davi soube que Deus havia ouvido a sua oração, nós podemos e devemos buscar hoje a mesma certeza, a fim de que possamos nos levantarmos do lugar da oração aliviados, seguros de que o Senhor já está cuidando dos nossos problemas...

Aprender a discernir a doce e suave voz do Senhor, no interior dos nossos corações, é uma prática que precisamos cultivar!

Leitura Recomendada: Livro Orelhas Furadas
Deus não vai precisar repetir quando falar com você!
Este livro mostra como ser um servo que ouve o que Deus diz logo na primeira vez...
 

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


19 Out 2007
Igreja Sobre os Joelhos
2 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos, Avivamento

Por: (*) Edemar Vitorino

Todos os avivamentos registrados na história da Igreja foram precedidos de muita oração. A oração remove montanhas, abre os céus! Proporcionalmente ao volume de oração serão os resultados... "Muita oração, muito poder; pouca oração, pouco poder; nenhuma oração, nenhum poder".

Também na oração Jesus é o nosso Mestre. Ele gostava de orar, de ficar a sós com o Pai...  Orava em todo o tempo, em todo lugar, na encosta da montanha ou à beira-mar. Se Ele que era o Filho de Deus, precisava orar tanto, quanto mais nós, pecadores, que vivemos neste mundo tão vil.

Está escrito: "Pedí e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á". Quando nos colocamos em oração diante do Pai para solicitar o auxílio divino, demonstramos que de fato temos fé e d´Ele dependemos inteiramente.

Deus quer a IGREJA SOBRE OS JOELHOS, isto é, prostrada diante do Trono da Graça, humilhando-se, chorando e confessando os seus pecados, buscando a plenitude do Espírito Santo, clamando pelas almas perdidas,  intercedendo pela libertação dos cativos e oprimidos do diabo, desejando ardentemente a glória de Deus.

E quando falamos Igreja, significa o envolvimento de todos, apóstolos, profetas, evangelistas, pastores, mestres, oficiais e membros, até mesmo as crianças. Deus nos quer dar muitas almas, livramentos e vitórias, mas é preciso que todos creiam no poder da oração, e se envolvam em atividades de oração.

Para conquistarmos o Brasil para Cristo, para mudarmos a nossa história, para alcançarmos as nações ao redor, é preciso que a Igreja se coloque sobre os joelhos, em contínua intercessão pelas almas perdidas... As igrejas precisam se unir e organizar plantões de oração para intercessão pela conversão de almas.

Deus quer salvar muitas almas, mas é preciso que a IGREJA esteja SOBRE OS JOELHOS !

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


18 Out 2007
Oração - ferramenta indispensável na evangelização
1 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

A Palavra de Deus em Efésios 6:18-20 diz que a  nossa luta não é contra carne ou sangue, e  sim contra as potestades malignas, nas regiões celestes. Só poderemos "enxergar" essas potestades malignas com os olhos da fé, mediante muita comunhão com Deus, através da oração.

 A oração fortalece, trás discernimento e abre os olhos espirituais para que se enxergue o inimigo e suas artimanhas e se possa combatê-lo. É, portanto, uma arma poderosa e indispensável para resistirmos e vencermos o diabo, que vive ao nosso derredor, rugindo como leão, querendo nos tragar.

 Através da oração o crente é revestido do poder de Deus, habilitando-se, assim, para o combate. Quando os discípulos relataram a Jesus que não conseguiam expulsar certos demônios, o Mestre orientou dizendo que era necessário jejum e oração. Depois que aprenderam a orar e jejuar, o resultado foi visível: - pregavam o Evangelho com unção, poder e autoridade; almas se rendiam a Cristo, aos milhares, demônios eram expulsos em o nome de Jesus, e os enfermos eram curados de toda sorte de doenças e enfermidades!

 Em Apocalipse 12 lemos: "Ai de vós, moradores da terra, porque o diabo foi lançado até vós cheio de cólera e grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta." O diabo não morreu! Ele está vivo e ativo no planeta terra! E só há um povo na terra capaz de combatê-lo: - o povo de Deus! Não podemos descansar, dormir, cochilar! Devemos orar e vigiar, em todo o tempo, com orações e intercessões em favor de todas as pessoas, e libertar os cativos e oprimidos do diabo.

 "Muita oração, muito poder; pouca oração, pouco poder; nenhuma oração, nenhum poder"!

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


16 Out 2007
Como Superar Crises no Casamento
3 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Crônicas da Vida, Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

A família que ora unida, permanece unida

O casamento existe pela iniciativa de Deus. Foi Deus quem o planejou e o instituiu no Jardim do Éden. Primeiro o Senhor Deus formou Adão (Gênesis 2:7-8). Decorrido algum tempo, vendo Deus que não era bom que o homem estivesse só, decidiu:"...far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea." - Gênesis 2:18. E assim o Senhor fez: "E a costela que o Senhor Deus tomara ao homem, transformou-a numa mulher, e lha trouxe." - Gênesis 2:22. Podemos afirmar que Deus foi quem celebrou o primeiro casamento!

E assim o homem e a mulher felizes iam vivendo os seus dias... Porém, a serpente, que é Satanás, o opositor a Deus,desde aquela data vem investindo furiosamente contra a família, provocando crises com o objetivo de desintegrá-la. Contudo, nós sabemos que o diabo não é o único responsável pelas crises conjugais e familiares. O ser humano é o principal responsável pelos seus atos, erros e acertos...

São três as fontes das crises familiares:- 1) Satanás, que é o autor de todo mal; 2) Os próprios membros da família, quando deixam de observar as boas regras de convívio familiar; 3) Fatores externos que interferem no relacionamento familiar, exercendo ação opressora.

Porém, independentemente de qual seja a origem, todas as crises familiares ou conjugais podem e devem ser superadas através...: a) da fé em Deus; b) de orações a Deus Pai, em nome de Jesus; c) do esforço humano - mediante mudança de conceitos e forma de agir.

Considerando que, por trás de toda crise familiar sempre há a interferência de Satanás, é preciso fazer da oração a Deus a arma número um para superação da crise. Os familiares ou cônjuges devem se reunir diariamente para orações em conjunto. "A família que ora unida, permanece unida"!

Todos devem orar, cada um por sua vez, abraçados, e liberar amor e perdão mutuamente. Devem ainda disporem-se a mudar de vida, e a viverem de forma diferente, daí para a frente! Ainda nas suas orações, devem tomar posse da vitória pela fé, e devem declarar audivelmente que já estão vitoriosos em O nome de Jesus!

Vendo propósito de cada um em mudar de vida, e a fé demonstradas em oração, Deus agirá prontamente em três níveis: 1) dará forçar aos membros da família para conseguirem viver dentro do novo ideal proposto; 2) repreenderá os fatores externos, abrindo uma porta de livramento e vitória; 3) expulsará Satanás, que imediatamente se retirará da crise!

Com certeza, a paz voltará a reinar, e a vitória virá, e não tardará!

A família que ora unida, permanece unida!

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


16 Out 2007
O que é a Igreja
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

A palavra "igreja" vem do grego "ekklesía", e na Grécia significava a reunião dos cidadãos convocados às Assembléias. No Novo Testamento tem um significado mais profundo. É a comunidade dos chamados para fora do mundo, e que entraram para dentro do reino de Deus.

Logo, "Igreja" não é um mero aglomerado de pessoas, dotadas de bons princípios e voltadas para a beneficência ou a caridade, tão somente. Nem tampouco é uma instituição filosófica em busca de respostas aos diversos questionamentos humanos.

A "Igreja" é uma comunidade que tem Cristo como seu Cabeça e Rei (Efésios 1:22,23); e reúne aqueles a quem Ele predestinou, chamou, justificou, salvou e nos quais Ele habita através do Seu Santo Espírito. A "Igreja" é o agrupamento dos servos de Deus que estão à procura da vontade de Deus para as suas vidas. É a agência do reino de Deus aqui na terra. É comunidade daqueles que se propõem a adorar a Deus em espírito e em verdade. É a reunião dos santos, dos discípulos do Senhor Jesus.

E, na qualidade de discípulos, os participantes da Igreja do Senhor procuram seguir as pegadas do Mestre! Ser como Ele em caráter, em verdade, em adoração, em caridade, e em amor, é o alvo dos cristãos. Na Igreja aprendem a adorar a Deus, e a serem obedientes aos seus sábios e santos conselhos, abominando toda sorte de caprichos e vontades humanas e carnais.

Ser membro da Igreja de Cristo é uma honra, e a maior realização do ser humano.

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


<< Recentes 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 Anteriores >>

Crônicas da Vida
Pastorais e Estudos
Eventos
Comunicações
Utilidade Pública
Humor
Reportagens
Mulher
Pesquisas & Estatisticas
Avivamento
Pedido de Oração
Datas Celebrativas
Fotos
Clips
Livros - Indicação
Missões
Ilustrações
Áudios de Mensagens
Oportunidades de Negócios


Facebook

Visitantes: 391317
Visitantes Online: 2
© Blog do Pastor - 2007 desenvolvido por