Fonte Maior Fonte Padrão Fonte Menor
14 Set 2007
Sinal Profético
3 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Reportagens, Pesquisas & Estatisticas

Por: (*) Edemar Vitorino

Sinal profético do tempo do fim está se cumprindo em nossos dias!


Em seu famoso sermão profético, o Senhor Jesus faz uma série de predições para o tempo do fim, entre elas os terremotos. Disse Jesus:- "Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém tudo isto é o princípio das dores." - Mateus 24:7-8.

Do Jornal Folha Online de 14/09/2007, extraímos a seguinte estatística sobre os mais mortais terremotos ocorridos nos últimos sete anos:


Um tremor de 7,9 graus na escala Richter matou ao menos 350 pessoas no Peru nesta quarta-feira. Veja alguns dos terremotos mais mortais desde 2000:

15 de agosto de 2007: Um terremoto de 7,7 graus deixa mais de 350 mortos e mais de mil feridos no Peru.

16 de julho de 2007: Um tremor de 6,8 graus deixa dez mortos e danifica a central nuclear de Kashiwazaki-Kariwa, no centro do Japão.

27 de maio de 2006: Mais de 2.000 pessoas morreram em um violento tremor de 7,5 graus que afetou a ilha densamente povoada de Java, na Indonésia.

8 de outubro de 2005: Um tremor de 7,6 na escala Richter causa a morte de 75.000 pessoas no Paquistão e na Índia, concretamente na região de Caxemira.

28 de março de 2005: Mil pessoas morrem na ilha de Nias, frente ao litoral da Sumatra, na Indonésia, após um terremoto de 8,7 graus.

22 de fevereiro de 2005: Um violento tremor causa mais de 270 mortos e 600 feridos na Província iraniana de Kerman (sudeste).

26 de dezembro de 2004: Um terremoto de 9 graus na costa de Sumatra (Indonésia) provoca uma tsunami que atinge 11 países do sudeste asiático e mata mais de 200 mil

*24 de fevereiro de 2004: Um tremor de 6,1 graus causa 628 mortos e 926 feridos na região marroquina de Al Hoceima (nordeste).

26 de dezembro de 2003: Um total de 31.884 morrem e 18 mil ficam feridos após um tremor de 6,7 graus na cidade de Bam, no Irã.

21 de maio de 2003: Um total de 2.277 morrem e mais de 10 mil ficam feridos após um terremoto de 6,8 graus na cidade de Argel e no Departamento de Bumerdes.

1º de maio de 2003: Um total de 176 morrem e quase 500 se ferem após um terremoto na Província Bingol, Turquia.

24 de fevereiro de 2003: Um terremoto de 6,8 graus mata ao menos 268 pessoas na China, a oeste de Xinjiang.

22 de junho de 2002: Um tremor ocorrido nas Províncias de Qazvin e Hamedan, no oeste do Irã, mata ao menos 235 mortos e fere 1.300.

25 de março de 2002: Um terremoto de 6 graus deixa entre 800 e 1.000 mortos e 300 feridos no Afeganistão, segundo a ONU. Para o governo afegão 1.800 mortos e milhares de feridos.

26 de janeiro de 2001: Mais de 20 mil morrem e 160 mil se ferem após tremor de 7,9 graus em Gujarat, no oeste da Índia.

13 de janeiro e 13 de fevereiro de 2001: Dois violentos terremotos (7,6 e 6,6 graus) deixam 1.142 mortes e 2.000 desaparecidos em El Salvador.

Fonte:  Dados extraídos do Jornal Folha Online, edição de 14/09/2007

Leitura recomendada:-
 
Revista Estudando as Profecias, publicação da: Editora Shekinah Produções

Clique aqui para conhecer outras publicações do Rev. Edemar Vitorino...

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


14 Set 2007
A Porta das Ovelhas
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Áudios de Mensagens

Áudio da mensagem bíblica A Porta das Ovelhas

O texto de João 10 é ao mesmo tempo de fácil compreensão e de difícil interpretação. O Senhor fala da Porta das Ovelhas, fala que há um Porteiro, fala do Aprisco, fala de ovelhas verdadeiras e também de falsas ovelhas, fala de ladrões que entram no redil e dirigem palavras de comando para as ovelhas. Ele diz que Ele entra no Aprisco e chama as suas ovelhas para fóra, e elas lhe obedecem... Fala de um só rebanho e um só Pastor. E fala, finalmente, de segurança absoluta para as ovelhas! Algumas perguntas se apresentam na mente do leitor mais atento:- 1) Quem é a Porta? 2) Quem é o Porteiro 3) Quem é o Bom Pastor 4) Quem são os ladrões que vieram antes de Jesus, aos quais ele se referiu ? Quem são os ladrões que hoje em dia tentam roubar as ovelhas ? Como é essa segurança a que se refere o Senhor, se o redil é vunerável e passível de ser assaltado por ladrões ? A que tempo da história o Senhor estaria se referindo quando diz que haverá um só rebanho, e um só pastor ? Há algum risco de alguma das verdadeiras ovelhas do Senhor cairem na conversa dos ladrões de ovelhas ? Todas estas questões são abordadas pelo Rev. Edemar Vitorino nesta rica e abençoada mensagem gravada ao vivo no dia: 12/09/2007.

Clique sobre a figura para ouvir - Faça o download, se desejar!

 
Como fazer o download:
Quando a música estiver tocando,
clique no menú do windows media player em arquivo
e selecione "salvar midia como"...


+ Áudios de Mensagens proferidas pelo Rev. Edemar Vitorino... 

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


14 Set 2007
Teologia Relacional
1 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos, Avivamento

Por: (*) Edemar Vitorino

O Avesso da Doutrina Histórica da Igreja


Refiro-me a essa nova teologia que apareceu recentemente por aí, denominada de Teologia Relacional, para deixar registrado aqui os nossos comentários...
 
A Teologia Relacional se propõe a rever os conceitos da igreja histórica sobre Deus, por julgá-los inadequados e ultrapassados, e tem por objetivo apresentar uma nova visão de Deus, e da sua maneira de se relacionar com a criação. Rejeita alguns dos atributos de Deus, tais como:- onisciência, onipotência, imutabilidade, e, inclusive a soberania de Deus!

Destacamos cinco pontos dessa teologia, que são o avesso da doutrina histórica da Igreja, a saber:-


1. Deus não é soberano. Deus abriu mão da sua soberania. Ele é incapaz de realizar tudo o que deseja, como impedir tragédias e erradicar o mal. O homem tem capacidade e liberdade para cooperar ou contrariar os desígnios de Deus. Deus se adequa às decisões humanas e, ao final, vai obter seus objetivos eternos, redesenhando a história de acordo com as decisões humanas.
2. Deus ignora o futuro ? Deus é temporal. Ele ele se insere no tempo. O futuro inexiste. Deus não sabe antecipadamente as decisões as pessoas haverão de tomar. Os seres humanos são absolutamente livres para tomarem as suas decisões. O futuro é determinado pela combinação do que Deus e as suas criaturas decidem fazer.
3. Deus se arrisca. Ao criar seres racionais livres, Deus se expôs a riscos... Por respeitar a liberdade concedida ao homem, Deus se arrisca diariamente. Deus não sabia qual seria a decisão dos Anjos, no céu, e nem a de Adão e Eva, no Éden.
4. Deus não é onipotente. Ele pode sofrer e cometer erros em seus conselhos e orientações. Seus planos podem ser frustrados. Ele se frustra e expressa esta frustração quando os seres humanos não fazem o que ele gostaria.
5. Deus é mutável. Ele é imutável apenas em sua essência. Deus pode se arrepender de decisões tomadas, como reação às decisões das suas criaturas. Deus é mutável e aprende com o passar do tempo histórico.


Essa doutrina é espúria, apócrifa e muito estranha! Questiona, rejeita, e vem de encontro aos seguintes princípios inalienáveis da fé cristã, da teologia reformada, da doutrina histórica da Igreja:-


1) Quem é Deus na Teologia Relacional?
R = No conjunto da doutrina da teologia relacional vislumbra-se o retrato de um deus frágil, vulnerável, impotente, subserviente e refém do homem, alienado (alheio a qualquer conhecimento futuro), temporal, frustrável e mutável.

     O que ensina e teologia reformada - a doutrina histórica da igreja:- “Há um só Deus vivo e verdadeiro, o qual é infinito em seu ser e perfeições. Ele é um espírito puríssimo, invisível, sem corpo, membros ou paixões; é imutável, imenso, eterno, incompreensível, opinotente, onisciente, santíssimo, completamente livre e absoluto, fazendo tudo segundo o conselho da sua própria vontade, que é reta e imutável, e para a sua própria glória. É cheio de amor, é gracioso, misericordioso, longânimo, muito bondoso e verdadeiro galardoador dos que o buscam, e, contudo, justíssimo e terrível em seus juízos, pois odeia todo pecado; de modo algum terá por inocente o culpado.” ? Transcrição do Capítulo II ? De Deus e Da Santíssima Trindade, da Confissão de Fé de Westminster.


2) O conhecimento de Deus na Teologia Relacional ? buscam o conhecimento do Deus da Bíblia, fóra da Bíblia...  Tentam descobrir Deus no homem, a partir de certos questionamentos, e nos relacionamentos humanos.

     O que a Bíblia diz - doutrina histórica da igreja:-
“Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, faz as suas obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai, em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras. Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me amais, guardareis os meus mandamentos.” ? João 14:8-15
    “As coisas encobertas pertencem ao Senhor, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.” ? Deuteronômio 29:29
     “Sola Scriptura” (= “Através da Escritura somente”) -  Na teologia reformada e na doutrina histórica da Igreja se crê na suficiência das Escrituras Sagradas. A Bíblia é a Palavra de Deus, e contém toda a revelação de Deus para o homem, não havendo necessidade de se buscar nenhum conhecimento do Deus da Bíblia, fóra da Bíblia. A Bíblia interpreta a própria Bíblia. A Bíblia é a única regra de fé e prática para o cristão.
    “Sola Scriptura” ? foi um dos pilares da Reforma protestante do século XVI, desencadeada pelo reformador Martinho Lutero, e, ainda hoje, continua sendo um dos princípios definitivos do cristianismo, e da teologia reformada.

3) O pensamento da Teologia Relacional sobre o futuro e o Livre Arbítrio:
    a) Sobre o Futuro ? Deus é temporal. Ele ele se insere no tempo. O futuro inexiste. Deus não sabe antecipadamente as decisões que as pessoas haverão de tomar...

    O que a Bíblia diz - doutrina histórica da Igreja:- Em Atos 1:7-8 está escrito:- “Então, os que estavam reunidos lhe perguntaram: Senhor, será este o tempo em que restaures o reino a Israel? Respondeu-lhes: Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade;”.
    “Tu, ó SENHOR Deus, és tudo o que tenho. O meu futuro está nas tuas mãos; tu diriges a minha vida.” - Salmos 16:5
    “Antes de formares os montes e de começares a criar a terra e o Universo, tu és Deus eternamente, no passado, no presente e no futuro.” - Salmos 90:2
    “O SENHOR diz a vocês: “Há muito tempo, eu falei de coisas do futuro, disse claramente o que ia acontecer. De repente, agi, e tudo aconteceu como eu tinha dito.” - Isaías 48:3
    “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre.” ? Hebreus 13:8


    b) o pensamento da teologia relacional sobre o Livre Arbítrio ? os seres humanos são absolutamente livres para tomarem as suas decisões. Deus respeita a liberdade concedida ao homem.

    O que a Bíblia diz - doutrina histórica da Igreja:-
    Que o homem não é absolutamente livre está claro no texto bíblico de Romanos 7:14-25:
“Porque bem sabemos que a lei é espiritual; eu, todavia, sou carnal, vendido à escravidão do pecado. Porque nem mesmo compreendo o meu próprio modo de agir, pois não faço o que prefiro, e sim o que detesto. Ora, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. Neste caso, quem faz isto já não sou eu, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porém, o efetuá-lo. Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço. Mas, se eu faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, e sim o pecado que habita em mim. Então, ao querer fazer o bem, encontro a lei de que o mal reside em mim. Porque, no tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo, nos meus membros, outra lei que, guerreando contra a lei da minha mente, me faz prisioneiro da lei do pecado que está nos meus membros. Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte? Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor. De maneira que eu, de mim mesmo, com a mente, sou escravo da lei de Deus, mas, segundo a carne, da lei do pecado.”
 
"Quando Deus converte um pecador e o transfere para o estado de graça, ele o liberta da sua natural escravidão ao pecado e, somente pela sua graça, o habilita a querer e fazer com toda a liberdade o que é espiritualmente bom, mas isso de tal modo que, por causa da corrupção, ainda nele existente, o pecador não faz o bem perfeitamente, nem deseja somente o que é bom, mas também o que é mau.  Ref. Col.1: 13; João 8:34, 36; Fil. 2:13; Rom. 6:18, 22; Gal.5:17; Rom. 7:15, 21-23; I João 1:8, 10. - Transcrição do tópico IV, Capítulo IX da Confissão de Fé de Westminster.

4. O pensamento da teologia relacional sobre a “mutabilidade” de Deus ? Deus é mutável e pode se arrepender de decisões tomadas, como reação às decisões das suas criaturas. Deus aprende com o passar do tempo histórico.

    O que a Bíblia diz - doutrina histórica da Igreja:-
“Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.” ? Tiago 1:17
    “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre.” ? Hebreus 13:8

    Quando a Bíblia fala em arrependimento de Deus ( Gn6.6-7; Ex 32.14; Jz 2.18; 1 Sm 15.11) trata-se de antropopatismo (= forma metafórica de atribuir a DEUS sentimentos humanos para facilitar  ao homem a compreenção de Deus). Na realidade, Deus abranda ou muda sua maneira de lidar com os homens de acordo com os seus soberanos e eternos propósitos.

    Numa igreja adepta da Teologia Relacional, hinos tradicionais como o "TÚ ÉS FIEL, SENHOR", jamais poderão ser entoados, a não ser que as suas letras sejam modificadas... Diz o hino...

    TÚ ÉS FIEL, SENHOR, Ó PAI CELESTE,
    TEUS FILHOS SABEM QUE NÃO FALHARÁS,
    NUNCA MUDASTE, TU NUNCA FALTASTE
    TAL COMO ERA TÚ SEMPRE SERÁS

    - Hino Num. 32 do Hinário Presbiteriano Novo Cântico.

Deus não se retirou de cena; não está omisso, e nem tampouco deixou de conhecer o futuro, como pensam os adeptos da Teologia Relacional. Deus continua sendo um Deus de amor, bondade, misericórdia, onisciente, onipotente, imutável, logânimo e compassivo. Deus continua sendo um Deus Todo-Poderoso, e está pronto a intervir na natureza na hora que Lhe aprouver, para impedir ou fazer cessar quaisquer calamidades, sejam elas de ordem natural, ou decorrentes do pecado do homem. Em II Crônicas 7:14, além do perdão oferecido pelo Senhor, Deus promete também sarar a terra ferida ( ou seja,  fazer cessar as calamidades! ): “Se eu cerrar os céus de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo; se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar”. A condição estabelecida é que o homem se arrependa do seu pecado, se converta dos seus maus caminhos, e retorne para Deus!

Louvado seja Deus, que não permitirá que as ovelhas do seu aprisco venham a ser apanhadas e levadas por essas doutrinas estranhas. O Senhor Jesus Cristo afirmou em João 10:5: “...mas de modo nenhum seguirão o estranho; antes, fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos”. Contudo, nós precisamos ter mais zelo e rigor doutrinário...

Em muitos cultos, hoje em dia, gasta-se muito mais tempo com o louvor, do que com a Palavra! Os eventos musicais superlotam, enquanto que uma minoria participa dos estudos bíblicos semanais e da Escola Dominical. É tempo de se orar, desejar e buscar um avivamento da Palavra, que venha para restaurar a primazia da Palavra nas liturgias dos nossos cultos, para fortalecer a Igreja contra esses ventos de doutrinas contrárias, e para que  os discípulos gerados sejam transformados em cristãos que possam se apresentar diante de Deus aprovados, como obreiros que não tenham de que se envergonhar, que manejem bem a palavra da verdade. ( II Tm 2:15 ).

Para quem deseja ampliar sua leitura sobre o tema:-

Blog da Igreja Presbiteriana Ebenézer de São Paulo:
Encerrando o assunto: Teologia Relacional ou Teologia Prejudicial ???
Relacional Talvez, Revelacional não!!! (2ª parte)
Relacional Talvez, Revelacional não!
Um Deus à Imagem de Homem!
Teologia Relacional - Muito Prazer!!??

Opinião do Caio Fábio:
Teologia Relacional: a inútil discussão acerca de Deus

Análise de Augustus Nicodemus, publicada no Portal da Editora Ultimato:
Telologia Relacional - um novo deus no mercado

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

+ artigos de teologia reformada, escritos pelo Pastor Edemar Vitorino da Silva

 


12 Set 2007
Orelhas Furadas
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Livros - Indicação

Livro Evangélico: ORELHAS FURADAS, Autor: Rev. Edemar Vitorino
Como Ser Um Servo do Tipo Que Deus Deseja!


Shekinah Produções Editora
Livro, 72 pgs, Tamanho 10,5 X 18,00 Cm

Servo fiel, bom e eficiente, é aquele que sabe ouvir o que Deus diz!
Seus ouvidos estão apurados, para ouvir o que Deus diz, logo na primeira vez ?

No textos bíblicos de Deuteronômio 15:12-18 e Salmo 40:6, o pastor Edemar Vitorino
buscou a inspiração para escrever o Livro Orelhas Furadas, no qual
apresenta o perfil do servo ideal, do tipo que Deus deseja.
Esta é uma obra que precisa ser lida por cada servo de Deus, e, em especial, por aqueles que almejam realizar um trabalho de excelência para Deus, e por todos aqueles que buscam um relacionamento de maior comunhão e intimidade com o Senhor.
Este Livro lhe mostrará como ser um amigo do Senhor; um servo ao qual o Senhor tenha prazer em revelar os Seus segredos, um servo frutífero e verdadeiramente usado por Deus!
Se você almeja prestar um serviço de excelência para Deus, você precisa ler este livro!

Ouça o áudio da empolgante mensagem que inspirou este livro...

Pr. Edemar fala sobre o livro na TV - Assista a entrevista

 

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...


11 Set 2007
Igreja é condenada a devolver doação a fiel arrependido
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Reportagens

Por: (*) Edemar Vitorino

Segundo notícia publicada hoje na imprensa, a Justiça condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a devolver R$ 2 mil, acrescidos de juros e correção monetária, desde janeiro de 1999, para um fiel arrependido da doação. A decisão, inédita, é da 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo. Os desembargadores entenderam que o motorista Luciano Rodrigo Spadacio foi induzido a erro, com a promessa de que se entregasse o dinheiro à igreja sua vida iria melhorar.

“O aconselhamento acabou por induzir o apelante, que vinha a sofrer algum tipo de influência, a praticar ato por ele efetivamente não desejado”, decidiu o relator, desembargador Jacobina Rabello.

Os detalhes sobre o alegado “aconselhamento” dão conta de que o réu em 1º de janeiro de 1999, teria sido abordado por um pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, que o teria  convencido a se desfazer de seus bens materiais e entregar o valor correspondente para a Igreja Universal. O réu teria então “caído na conversa” e vendido seu único bem, um automóvel Del Rey, por R$ 2,6 mil e entregado tudo ao pastor. Dias depois, arrependido, correu ao banco e conseguiu sustar um dos cheques (de R$ 600). O outro cheque, de R$ 2 mil não teria sido possível sustar, por já ter sido descontado.

Em uma das reportagens é dito que dessa sentença cabe recurso, e que a assessoria jurídica da Igreja Universal do Reino de Deus está estudando as medidas necessárias para entrar com a apelação.

Nossas fontes: ( para saber mais, acesse os links )
1) Portal "Gospel +"
2) Portal Consultor Jurídico

NOSSOS COMENTÁRIOS:-
1) Observamos indícios claros de perseguição religiosa na repercução dessa matéria na mídia, com base nos seguintes detalhes:-
a) colocar como título da matéria: "Igreja tem de devolver...", quando a mídia sabia, e sabe, que essa decisão não é final, é no mínimo tendenciosa! Cabe recurso e a Igreja Universal tem grande chance de reverter essa decisão. Cabe lembrar que, em primeira instância, a Justiça não reconheceu o direito de Luciano de ter o dinheiro de volta. O juiz Carlos Eduardo Lora Franco, da 1ª Vara de General Salgado (município localizado a 556 quilômetros da capital paulista), entendeu que o motorista não provou que passou por transtornos financeiros, nem que a doação teria ocorrido por força de erro ou por culpa do pastor da Igreja Universal.
b) a mídia fez questão de divulgar nos mínimos detalhes as alegações do réu, e omitiu completamente a contra-argumentação da defesa, não apresentando em nenhum momento a versão do pastor ou da Igreja sobre o tal episódio;
2) não acreditamos que o julgamento dessa questão venha a ter o mesmo desfecho no Tribunal Superior, de apelação - se essa decisão for revista, pergunto:- será que a mídia dará a mesma repercussão? Você acha que a mídia colocaria um título para a matéria, mais ou menos assim: "Igreja não terá que devolver dinheiro a fiel" ? e apresentaria em detalhes, como o fez agora, as justificativas de votos apresentadas pelos Juízes que irão julgar o recurso ? Provavelmente não darão a mínima, e a versão que ficará na boca do povo será a do julgamento regional, da 4a. Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo;
3) essa decisão da Justiça de São Paulo abre um precedente muito perigoso, e deve ser motivo de preocupação para as autoridades eclesiásticas de todas as igrejas, já que todas vivem das doações dos seus fiéis, através de dízimos e ofertas;
4)
seja qual for o desfecho que vier a ser dado para este caso, deve servir de alerta para todos aqueles que andam por aí pregando uma inconseqüente e ilusória teologia da prosperidade, e que utilizam métodos nada éticos, e não bíblicos, nas suas formas de arrecadações.

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...


<< Recentes 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 Anteriores >>

Crônicas da Vida
Pastorais e Estudos
Eventos
Comunicações
Utilidade Pública
Humor
Reportagens
Mulher
Pesquisas & Estatisticas
Avivamento
Pedido de Oração
Datas Celebrativas
Fotos
Clips
Livros - Indicação
Missões
Ilustrações
Áudios de Mensagens
Oportunidades de Negócios


Facebook

Visitantes: 370176
Visitantes Online: 4
© Blog do Pastor - 2007 desenvolvido por