Fonte Maior Fonte Padrão Fonte Menor
29 Dez 2006
Faça do Novo Ano um Ano Novo na Sua Vida
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

A passagem de ano mexe muito com os sentimentos humanos… No embalo das emoções, sonha-se, planeja-se e profetiza-se um ano novo melhor…

O momento místico da virada da página do calendário parece injetar ânimo dobre em todas as pessoas!

Entretanto, se não vigiarmos, na mesma velocidade que passa e vai embora o ano velho, poderão passar também os nossos sonhos e esperanças da noite de ano novo!

Isto porque não há mágica! Nada vai mudar simplesmente porque se virou uma página do calendário! Mas, com certeza, com muita determinação e trabalho, e sob a direção de Deus você poderá fazer do novo ano um ano novo para a sua vida!

Assim sendo, ao sonhar os seus sonhos de ano novo, procure encontrar respostas para as seguintes perguntas:- 1) “o que eu devo fazer para ver os meus sonhos realizados?”; 2) “devo renunciar alguma coisa?”; 3)”Por onde devo começar?”; e 4) “Quando devo começar?”

É como disse o poeta Geraldo Vandré: “…quem sabe faz a hora, não espera acontecer…” Não fique parado, apenas olhando e vendo a banda passar… Revista-se de uma disposição nova! Lance-se imediatamente ao trabalho! Não perca tempo! Inicie já nos primeiros dias do ano novo a sua nova caminhada, confiado em Deus, e sob a inteira direção de Deus! Este é, com certeza, o caminho para a concretização dos seus sonhos da noite de ano novo.

Colocando-se nas mãos de Deus, e avançando ao amparo e proteção do “braço” forte do Senhor, você não terá nada a temer, porque o Senhor Deus Todo Poderoso será com você, por onde quer que você for (leia Josué Capítulo 1, auto aplicando-o à sua vida).

Eis o caminho para você fazer do novo ano um ano novo em sua vida!

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


29 Dez 2006
Dez Conselhos para o Ano Novo
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

01 - Seja sempre pronto a perdoar, rápido a reconhecer as suas faltas e vagaroso ao ser ofendido.

02 - Aproveite a experiência dos grandes momentos já vividos para viver melhor as alegrias do presente, e confiar que o seu futuro será sempre melhor!

03 - Não seja invejoso. Tenha os seus próprios sonhos; lute pelo seu ideal. Tenha fé em Deus e não duvide.

04 - Procure fervorosamente a direção divina, nas coisas grandes e também nas pequenas … Não seja precipitado, aprenda a esperar no Senhor.

05 - Exercite a prática de ver e apreciar o bem e o belo, nas cousas, na natureza e nas pessoas. Assim o seu mundo será melhor, mais belo, mais feliz, e mais colorido!

06 - Ocupe os seus pensamentos com coisas boas, construtivas e edificantes. Deixe de lado as coisas frívolas, fúteis e vãs…

07 - Valorize, amplie e priorize os seus relacionamentos:- a) espiritual (com Deus) b) familiar (com seus entes-queridos) c) social ( com os amigos e companheiros de trabalho). Tenha paz com Deus e com os homens e você viverá bem melhor!

08 - Ame a vida que Deus te deu e aprenda a viver de bem com a vida, sendo grato a Deus a cada momento, em toda e qualquer circunstância.

09 - Aceite e aproprie-se da paz de Cristo - dê lugar a esta paz no seu coração!

10 - Confie em Deus acima de todas as cousas, busque nÊle, e pela fé, a realização de cada desejo e sonho.

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


14 Dez 2006
Circuncisão poder reduzir em 50% o risco de HIV
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Crônicas da Vida

Por: (*) Edemar Vitorino

Segundo os resultados de dois testes realizados no Quênia e em Uganda e publicados no dia 13/12/2006, a circuncisão reduziu à metade o risco de infecção pelo vírus HIV durante uma relação heterossexual. Estes resultados apontam para uma poderosa forma de reduzir a Aids no continente africano, o mais atingido pela doença, segundo os pesquisadores. A circuncisão tem o potencial de prevenir milhões de infecções nos próximos anos, disse o doutor Kevin De Cock, diretor do Departamento de Aids/HIV da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Estes resultados confirmam fortemente as descobertas anteriores sobre o valor da circuncisão masculina na prevenção da Aids. Em 2004, uma pesquisa australiana já havia descoberto que o prepúcio, a pele ao redor do pênis que é removida na operação de circuncisão, contém células que são particularmente vulneráveis ao HIV.

A circuncisão é um dos mais antigos tipos de cirurgia. O termo circuncisão deriva da junção de duas palavras latinas, “circum” e “cisióne”, e significa, literalmente, “cortar ao redor”. A circuncisão masculina ainda é praticada em muitos lugares da Terra como rito religioso e também social por vários povos, principalmente pelos judeus, por se tratar de preceitos divinos dados a Abraão ( Gn 17:9-12).

Os resultados científicos somados à disseminação da cultura e da prática da circuncisão no continente africano com certeza propiciarão enorme bem ao povo africano, e, por extensão, a toda a humanidade. E vem confirmar como Deus é sábio, e como vale a pena seguir os preceitos divinos! É bom ressaltar que o relatório da pesquisa médica indica uma redução de apenas 50% no risco de HIV, o que já é ótimo, mas não elimina o risco da infecção pelo vírus HIV.

Mas, já que estão descobrindo agora que a observância do preceito divino da circuncisão poderá reduzir em 50% os riscos de HIV, lembro que a Palavra de Deus apresenta solução para se eliminar esse risco em 100% ! É verdade, é só aplicar também a outra circuncisão recomendada nas Escrituras Sagradas:- a “circuncisão do coração”! Você já ouviu falar dessa segunda circuncisão, que é ainda mais eficaz do que a primeira ?

É bom ressaltar que, ao instituir a circuncisão, além dos aspectos higiênicos e de preservação da saúde obtidos com o ato cirúrgico, havia um sentido maior que era o espiritual. A circuncisão era sinal e símbolo da aliança entre Deus e Abraão, e os seus descendentes ( ou seja, todos nós! ). A não observância desse preceito implicaria em morte! Todos os homens na casa de Abraão foram circuncidados, até mesmo os escravos receberam este “sinal do pacto”. Mais tarde Moisés transformou esse preceito em lei, tornando a circuncisão obrigatória (Levítico 12:3).

Os profetas do Antigo Testamento, que vieram depois de Moisés, logo perceberam que, mais importante do que a circuncisão literal, é a circuncisão figurativa ou “circuncisão do coração”. Vejamos alguns textos bíblicos: “Circuncidai, pois, o vosso coração e não mais endureçais a vossa cerviz” - Deuteronómio 10:16; “O Senhor, teu Deus, circuncidará o teu coração e o coração de tua descendência, para amares o Senhor, teu Deus, de todo o coração e de toda a tua alma, para que vivas.” ? Deuteronômio 30:6; “Circuncidai-vos para o Senhor, circuncidai o vosso coração, ó homens de Judá e moradores de Jerusalém, para que o meu furor não saia como fogo e arda, e não haja quem o apague, por causa da malícia das vossas obras.” - Jeremias 4:4 ; “Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que castigarei a todos os circuncidados juntamente com os incircuncisos:” ? Jeremias: 9:25.

A ciência médica está fazendo o que pode para preservação da saúde e da vida, cumprindo com brilhantismo o seu papel, e merece o reconhecimento e os aplausos de todos nós. Mas, a solução para a extinção completa dessa praga do HIV não está nas mãos da ciência, mas está nas mãos de todos nós!

A solução para o problema do HIV, e de tantas outras pragas que tem ceifado tantas vidas em nossos dias, está na “circuncisão do coração”, que consiste numa aliança sincera, fiel e verdadeira, do homem com Deus, a exemplo da aliança firmada entre Deus e Abraão. Porque o homem de coração circuncidado por Deus vive uma vida em família, regrada, compromissada, movida e regida pelo amor e fidelidade, e, conseqüentemente, não corre nenhum risco de contaminação, por não andar por aí se promiscuindo, prevaricando, pecando, se expondo…

A Palavra de Deus afirma em Gálatas 5:15: “Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o ser nova criatura”; e em I Coríntios 7:19: “A circuncisão, em si, não é nada; a incircuncisão também nada é, mas o que vale é guardar as ordenanças de Deus.” E ainda em Gálatas 5:6: “Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor.”

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...


14 Dez 2006
Ombudsman
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Crônicas da Vida

Por: (*) Edemar Vitorino

Ombudsman ou Wallman ?

Ombudsman é uma palavra sueca que significa representante do cidadão. O Ombudsman é o representante da população dentro da Empresa. O Ombudsman é um profissional contratado por um órgão, instituição ou empresa que tem a função de receber críticas, sugestões, reclamações, e deve agir em defesa imparcial da comunidade. O Ombudsman é o representante do cidadão junto à empresa, instituição ou parlamento.

Na Suécia, onde se originou, o Ombudsman é um profissional dedicado a receber e checar as queixas da população, realizar a crítica interna da Empresa baseada nas informações a que tem acesso e fazer recomendações para a melhoria das ações e dos serviços prestados pela Empresa. Para exercer o cargo com independência, o mandato do Ombudsman costuma ser de um ano, com direito a uma única renovação por mais um ano, e o profissional não pode ser demitido durante o mandato. Desde os anos sessenta, vem crescendo a instituição do Ombudsman no mundo inteiro (o governo britânico o adotou em 1967). Já foi adotado até nos antigos países socialistas como: Rússia e Polônia.

Em Bangladesh, o Parlamento previu na Constituição de 1972, em seu artigo 77, a criação do escritório de Ombudsman. A idéia é que o escritório de Ombudsman funcione como um Parlamento paralelo, e que tenha o poder de investigar ações públicas de interesse da população, que estejam tramitando em qualquer esfera judicial. O objetivo dessa investigação do escritório de Ombudsman é o de assegurar que haja justiça nos procedimentos e nas decisões administrativas em processos de interesse do povo. O escritório de Ombudsman não pode mudar ou alterar as decisões das autoridades, mas pode recomendar às autoridades mudança nos procedimentos para que a justiça se estabeleça de forma natural.

A versão brasileira do “Ombudsman” é o “Ouvidor-Geral”. O que não falta no Brasil são as “ouvidorias”… Tem a “Ouvidoria Geral da República”, “Ouvidoria Geral da Previdência Social”, tem ouvidoria no BNDEs, na Caixa Econômica Federal, no Banco do Brasil, no Inmetro, na Prefeitura, no Governo do Estado do Paraná resolveram criar uma Secretaria Especial para a Ouvidoria, tem a ouvidoria do servidor público, tem a ouvidoria da Polícia, tem as ouvidorias das Universidades… E por aí vai… O que não falta no Brasil são ouvidorias…

Se todas essas ouvidorias agissem realmente em defesa do cidadão seria uma beleza, e o Brasil se tornaria um modelo para o mundo em termos de “ombudsman”… Todavia, temos percebido um distanciamento muito grande entre a ouvidoria brasileira e o “ombudsman”, lá do exterior…

A primeira dificuldade que o cidadão brasileiro encontra é o estabelecimento do contato. Nem sempre se consegue falar com o ouvidor pelo telefone, e os emails costumam se perder nos caminhos da burocracia. Ao invés de lutar pelos interesses do cidadão, parece que o papel do ouvidor brasileiro é o de respaldar as decisões do órgão, instituição, diretoria, reitoria, ou parlamento, visto que, em geral eles estão sempre justificando os porquês de cada decisão, e tentando convencer o cidadão a acatar a decisão anteriormente tomada… Quer dizer, no Brasil o “ouvidor” está no caminho oposto ao do “ombudsman” original…

Outro desvio que observamos é que, ao invés da ouvidoria ser um canal de acesso do cidadão ao comando de onde emanou a decisão, se transformou, na realidade, em um “paredão”, uma instransponível muralha de proteção dos dirigentes ou do poder central, com bloqueio total do acesso do cidadão. Os nossos ouvidores estão mais para “wallman” do que para “ombudsman”…

E como no Brasil só dá “esperto”, tem “wallman” prá todo lado, e o cidadão vai ficando cada vez mais indefeso e sem voz. Antigamente até fazia parte de um programa humorístico a expressão: “onde está o Chefe, quero falar com o chefe ?”; porque, naquela época, quando você queria reclamar você conseguia falar com o Chefe, com o Gerente, com o Diretor ou Presidente de alguma empresa, com o Pastor! Mas, hoje em dia, com a proliferação dos “wallman”, fechou-se a porta de acesso do cidadão às pessoas que exercem o poder e que tomam as decisões.

Os “wallman” estão por aí, no governo, nos bancos, nas repartições públicas, nas grandes empresas, nas médias empresas, nos pequenos escritórios, nas lojas, nas biroscas da esquina, e agora já começam a proliferar também nas igrejas evangélicas! Se você tenta agendar uma palavra com algum pastor “famoso”, de “renome”, ou até mesmo com aquele que “pensa” que é famoso ou de renome, tem sempre um “wallman” ou uma “wallwoman” no caminho para barrar você! E, se você descobre o número do telefone celular de algum deles, não adianta, porque nem o celular essa gente atende mais; quem atende é sempre o “wallman”…

Pode até ser que lá fóra ainda exista “ombudsman” para ouvir e defender os direitos do cidadão, mas por aqui está feia a “coisa”… A versão brasileira do “ouvidor” virou “wallman”, e o povo continua sem acesso, indefeso e sem voz…

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


08 Dez 2006
O Verdadeiro Natal
0 Comentários - Comentar  ::  Categoria: Pastorais e Estudos

Por: (*) Edemar Vitorino

Tempo de paz, amor, fraternidade!

Inspira a reflexão:

Qual o verdadeiro sentido do natal?

Natal é nascimento!

É vida!

É Deus descendo à terra,

Vindo ao encontro do homem,

Como predito pelo Profeta:

“O seu nome será Emmanuel,

Que quer dizer: Deus conosco”!

E de fato em Belém da Judéia

Nasceu o Menino-Deus!

Ele veio ao encontro da humanidade…

Mas não houve lugar para ele na hospedaria;

Ele teve por berço a manjedoura!

E hoje, onde Jesus nascerá?

Ele procura um lugar…

Como diz a Sua Palavra:

“Eis que estou à porta e bato;

se alguém ouvir a minha voz,

e abrir a porta,

entrarei em sua casa,

cearei com Ele e Ele comigo”!

Esta porta na qual Ele bate

é a porta do seu coração…

você deve abrir a porta

e convidar Jesus a entrar,

oferecer hospedagem!

Seja esta a sua decisão,

e você descobrirá o verdadeiro sentido do natal!

sorrirá e então cantará

com grande vibração:

“Noite de paz, noite de amor…”

“Nasce Jesus, fonte de Luz…”

“Glória a Deus nas alturas”!

???

Abra o seu coração para Jesus e experimente o verdadeiro natal!

(*) Edemar Vitorino - é pastor evangélico, escritor,  conferencista ... Saiba mais...

 


<< Recentes 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 Anteriores >>

Crônicas da Vida
Pastorais e Estudos
Eventos
Comunicações
Utilidade Pública
Humor
Reportagens
Mulher
Pesquisas & Estatisticas
Avivamento
Pedido de Oração
Datas Celebrativas
Fotos
Clips
Livros - Indicação
Missões
Ilustrações
Áudios de Mensagens
Oportunidades de Negócios


Facebook

Visitantes: 407976
Visitantes Online: 4
© Blog do Pastor - 2007 desenvolvido por